Não adianta ter vontade, se você não tem Coragem!

November 29, 2017

 

 

 

E eu caí no buraco mais uma vez. E dessa vez ele me pareceu bem fundo, mas bem fundo... E olha que pensei saber exatamente onde ele estava.

 

Tinha pra mim que sempre sairia de um buraco sozinha e cada vez mais forte. E pode até ser que eu tivesse razão. Mas ontem, percebi uma boa dose orgulho e arrogância nesse pensamento... E resolvi pedir ajuda.

 

No princípio, a conversa me pareceu um ataque. E a primeira reação foi me defender. Por fim, escutei: “Tome seu tempo. Eu estou aqui”. Foi aí que algo começou a mudar aqui dentro e senti meu coração se alegrar. Percebi que eu não precisava sair do buraco em tempo recorde, ninguém estava me cobrando nada. Eu podia ter calma e sair de lá quando estivesse pronta.

 

E, UAUU, que alívio.

 

Caminhamos todos juntos nessa jornada. Sempre vai ter aquele amigo que vai te dar a mão, aquele que vai entrar lá pra dentro do buraco com você, um outro que vai ficar te incentivando a olhar sob uma outra perspectiva, relembrando tudo aquilo que você já sabe, mas que está cansado demais para conseguir visualizar.

 

Tem aquele que vai rezar por ti e, nossa, que força que dá quando alguém diz: “Vou orar por você”. E ainda tem aquele a quem você nem conhece e nem nunca viu, mas que, em algum momento da vida, escreveu algo que te vem a mente e te motiva a continuar.

 

No meu caso, a frase: “Não adianta ter vontade, se você não tem coragem”.

 

Então você vai lá (http://www.freemindcb.com/blog/post/id/127/atravessando-a-fronteira-da-mente), lê o texto novamente e “PLIM” é isso: viva o que você ama, ninguém pode te dizer o que consegue ou não fazer, nem mesmo você, até que o faça.

 

Qualquer passo, ainda que pequeno, na direção de nossos sonhos é um passo. E, às vezes, não dar passo algum também é um avanço. Tudo depende da maneira que estamos olhando e da expectativa que criamos em relação há um objetivo.

 

Talvez eu realmente não tenha tido avanço físico nos últimos meses, mas também não regredi. E isso já é um progresso.

 

Talvez eu não consiga fazer o Caminho de Santiago em 30 dias, mas sei que posso fazê-lo em 6 meses. Talvez eu não possa saltar de paraquedas ou de asa-delta sozinha, mas ainda posso fazer em dupla.

 

E para toda a série de coisas “isso não é para você” eu te digo que sim, é . Eu posso, você pode. Todos nós podemos viver em qualquer lugar e fazer qualquer coisa, sempre haverá um jeito.

 

Obstáculos estão aí para serem ultrapassados. Coisa boa olhar para traz e poder dizer: “Eu não acredito que fiz isso”.

 

Sem explicação né  ... Então pega teu agasalho e borá lá.

 

"Para onde você iria ao sair de sua zona de conforto?"

 

 

Please reload

Posts Recentes

February 19, 2018

Please reload

Procurar por categoria
Procurar por tags
Fone/WhatsApp: (53) 99957.3740
Skype: jackeline.berger4
jackeberger@gmail.com